domingo, 18 de dezembro de 2016

A MARCAR "PAÇOS" PELA TRANQUILIDADE

Paços de Ferreira vs Belenenses

 O JOGO
 Na passada sexta feira o Belenenses foi derrota pelo Paços de Ferreira por 1-0, com golo de whelton. O Belenenses alinhava com: Joel Pereira, João Diogo, Gonçalo Silva, Domingos Duarte, Florent; João Palhinha, Vítor Gomes, Gerso, André Sousa, Sturgeon e Camará. Apenas uma alteração, a saída de Yebda para a entrada de Vítor Gomes.
 Primeiros minutos equilibrados, um Paços pressionado e um Belenenses tranquilo mas em busca dos três pontos. André Sousa levava o Belenenses para o último terço do campo, apesar da superioridade territorial do Belenenses , os azuis não conseguiam criar perigo na baliza adversária. Vítor Gomes , aos 8 minutos num livre pediu grande penalidade, mas o arbitro mandou jogar. Aos 18 minutos, lançamento de J. Diogo com recepção de Camará que atira contra o adversário. Na sequência de um canto, o Paços atira a bola à barra de Joel, com  o guardião a controlar. Nestes primeiros 30 minutos o Belenenses dominava o jogo, mas não conseguiu criar qualquer ocasião séria de golo, Muito por causa de um apagado Gerso e de um Camará inofensivo nos cruzamentos para a área. No entanto André Sousa era a melhor unidade do Belenenses em campo, sabendo apoiar Camará e vir buscar jogo. Os centrais muito bem no jogo mais uma vez. Palhinha dispôs ainda de um livre mas sem perigo, segurou bem o guarda redes adversário. A primeira parte fechou com o lance de maior perigo do primeiro tempo. Florent cruza em balão, André Sousa entra no meio dos centrais libertando Camará, que remata forte para defesa de Defendi. Jogo morno, com ritmo lento.
  A segunda parte começou com o golo do Paços, Whelthon abriu o marcador. André Sousa corta ao primeiro poste, fica no chão e numa sobra Whelthon aproveita batendo Joel. André Sousa coloca o avançado em jogo, estupidez do médio, se é ou não falta não sei, sei é que um jogador tem de se levantar imediatamente, se vê que o arbitro não marca levanta e joga. É o golo que mancha a boa exibição do André. Boa saída do Joel, rápido mas não conseguindo evitar o golo. De imediato, o mister azul colocou Miguel Rosa por Gerso. O Belenense tinha bastante dificuldade em chegar à baliza do Paços, Quim Machado apostou na altura de Caeiro. Ao minuto 70 e 71 , dois remates sem perigo, de Abel e Palhinha.  O Paços conseguia quebrar o jogo, paragens, faltas e bloco baixo. Por lesão saiu Sousa e entrou Yebda, O argelino que dispôs da melhor oportunidade de marcar do Belenenses, livre superiormente batido por Rosa e o médio a atirar por cima, podia ter feito melhor. Até ao fim um corte de Florent  junto ao poste de Joel evitando o segundo do Paços.
  É triste ver um jogo tão fraquinho, com tão pouco jogo jogado! Em média em Portugal deve-se jogar 70 minutos por jogo, os outros 20 são para ir ao chão descansar um pouco, contestar o árbitro e impedir que o adversário jogue rápido. 

INDIVIDUAL
 Joel: Sem culpas no golo, seguro com pouco trabalho. BOM 
 João Diogo: Não apoia o ataque até à linha de fundo, e por isso não existe a profundidade que existe no flanco esquerdo. Não aquece nem arrefece. SUFICIENTE
 Florent: Um dos melhores em campo, que pulmão! Não adorava Florent no inicio, mas agora é uma peça importante. Bom jogo. BOM
 Gonçalo Silva: Cumpriu bem na defesa, boa exibição outra vez.BOM
 Domingos Duarte: Tem cortes muito interessantes, voltou a fazer aquele corte de bicicleta no inicio do jogo, bem com Silva a parceiro.Sem culpas no golo. BOM 
 Palhinha: Muito bem defensivamente, irrepreensível na recuperação. Falhou no passe neste jogo, não construiu como costuma fazer e a equipa ressentiu-se disso. SUFICIENTE 
 Vítor Gomes: Vai buscar bem a bola, sabe ocupar bem o meio campo, mas falta lhe açúcar no jogo. SUFICIENTE
  André Sousa: Dos melhores do Belenenses, dinâmico, agressivo e lutador. Tentou criar jogo mas muitas vezes sem apoio. Pena ter ficado no chão no golo sofrido. BOM
 Gerso: Apagado, a pior exibição do extremo desde que chegou ao Belenenses. Não teve espaço, mas também não o procurou, não teve lances de um-para-um na linha onde é forte. INSUFICIENTE 
 Sturgeon. Bom, tem muita qualidade, mas isolasse muitas vezes. Cria muito perigo quando rasga para o meio, mas não existe ninguém capaz de concluir. BOM
 Camará: Só teve uma oportunidade de golo, e é ponta de lança... Recebe bem, é forte por isso aguenta o embate e solta, mas nada mais que isso. É uma nulidade no jogo áreo. INSUFICIENTE
 Miguel Rosa: Bate os livres muito bem, já o tinha dito, são as únicas bolas paradas perigosas da nossa equipa. Esforçado mas sem a sua criatividade. SUFICIENTE 
 Tiago Caeiro: Não teve chances para facturar, não acrescentou muito.Sem ritmo. SUFICIENTE
 Yebda: Tinha de ser titular, e neste tipos de campos com poucos metros para jogar ainda mais. Entrou, teve apenas 10 minutos de jogo. Podia ter dado o empate. SUFICIENTE

ARBITRAGEM
Menos conversa mais trabalho, não se pode nunca culpar o árbitro pelas derrotas, não somos dessa laia. Houve lances duvidosos sim senhor, mas o árbitro português é fraquinho, tem medo de apitar as grandes decisões mas depois apita ao pequeno contacto. É com a falta de oportunidades que nos temos de preocupar.


No geral, nem no jogo passado estava tudo bem nem agora está tudo mal. Temos de chegar à frente com critério, defensivamente continuei a gostar. O problema está no ataque, somos mansinhos e lentos, não metemos medo a defesa nenhuma. Enfim, vamos sonhar em ganhar a próxima partida.

Saudações Azuis
Belenenses Sempre  
   



Sem comentários:

Enviar um comentário